ArcGIS: Aprenda a gerar um arquivo JPEG georreferenciado

10

arcgis10b

Certa vez precisei enviar um arquivo raster para um cliente em regime de extrema urgência. Na época, a forma mais rápida de enviar pesadas imagens de satélite seria via SEDEX, porém esse cliente necessitava de visualizar esse raster no mesmo dia em que o produto foi entregue pela operadora de satélite.

A solução mais operacional seria enviar os recortes no formato JPG. Seria um desastre, pois esse formato não teria projeção e o cliente não conseguiria carregá-lo corretamente no SIG. Para complementar o plano JPG, seria necessário gerar um arquivo externo World File (JGW) para acompanhar o arquivo JPG  com o objetivo de colocá-lo na posição espacial de origem.

Utilizando o script World file calculator

Esse simples arquivo Javascript pode salvar vidas, acredite. Basta inserir as coordenadas do canto superior esquerdo (upper Left) e canto inferior direito (down right) e copiar o resultado para um arquivo de texto plano, com o devido cuidado de salvar esse txt no formato World File de seu interesse (jgw, tfw, gfw e pgw).

Clique na calculadora para ser direcionado para o site EGB13.

Obtendo coordenadas dos cantos

Eu poderia listar várias situações para justificar a utilização de arquivos JPG com posição geográfica. Vou utilizar apenas uma: envio de recortes como amostras de imagens de satélite. No ArcMap é fácil obter as coordenadas pois você já possui o arquivo georreferenciado e em alta resolução. Tudo o que seria necessário fazer é efetuar um recorte via máscara e depois salvar essa máscara em média resolução. Partindo do princípio da utilização de vetor para recortar o raster, basta colher as coordenadas do próprio arquivo vetorial no Modo de Edição:

Além das coordenadas, você vai precisar informar as dimensões da imagem em pixels. Clique nas propriedades da camada da imagem no ArcMap ou utilize qualquer software gráfico. Nessa janela é possível anotar as coordenadas dos cantos, dispensando o método informado acima.

Na janela do script, insira os valores e copie o resultado para um arquivo de texto. No Windows Explorer, certifique-se de que a extensão desse arquivo seja o formato World File desejado, pois às vezes ocorre do Windows atribuir erroneamente o sufixo, tipo: nome-do-arquivo.jgw.txt.

A dica do site EGB13 realmente funciona. Já assinei o feed desse site para ficar por dentro das novidades.


Envie suas sugestões e dicas para o e-mail procdigital@gmail.com

10 Comentários

  1. Caro Jorge
    Estou tentado levar um mapa para imprimir na copiadora, mas quando export em pdf dar um erro e o mapa aberto no arcgis fecha. Quando salvo em tiff ou jpeg a resolução saiu péssima. O que fazer estou com arcgis 10
    muito obrigado

  2. Jorge e como faço para fazer este tipo de trabalho no cad. Ou seja tenho tentado fazer mosaicagem no cad com base na sua explicação. Mas ainda nao consegui. Tem como vc mostrar como faço no cad.:)
    Abraço

  3. Bom dia Jorge,

    Recebi um arquivo JPG apenas. sem nenhum outro arquivo em relacao ao seu georreferenciamento. É possivel apenas um arquivo JPG vim georreferenciado sem nenhum arquivo, igual uma imagem Geotiff, por exempo???

    • Sim, é possível que um arquivo JPG seja entregue sem o georreferenciamento. No cad, geralmente os cadistas pedem a imagem JPG juntamente com as coordenadas dos extermos (os quatro cantos da imagem). A questão é que podemos Georreferenciar esse arquivo JPG caso você tenha ideia do local de origem.

  4. Jorge, tudo bom??

    Fiz todo o procedimento, mas não deu certo. Se puder me add no Skype para me dar uma ajudinha, seria otimo!!

    Skype: Polyane Ferraz

    Agradeço!!

  5. Olá,

    Esse site egb13.net não existe mais? Alguém sabe de algum outro local que eu consiga esse mesmo processo realizado pela calculate worldfile?

    Desde já fico grato.

DEIXE UMA RESPOSTA