Primeiros Passos no ArcGIS 10.0 – Parte 01

13

Após um longo período sem postar tópicos sobre o ArcGIS, o blog vai dedicar alguns capítulos para conferir as novidades da versão 10.0 do programa.

ArcMap 10: Novo visual

Para os novos usuários de ferramentas SIG, ArcGIS Desktop é o nome da suíte de aplicativos desenvolvidos pela empresa americana ESRI. Sendo o aplicativo GIS mais conhecido do mundo, as pessoas costumam nomeá-lo dessa maneira, mas o aplicativo responsável pelo trabalho pesado (edição vetorial e matricial, análise espacial, produção de dados, etc) chama-se ArcMap.

Sem dúvida alguma, o aspecto visual do ArcMap em sua versão 10 foi redesenhado para melhor. De imediato, essa é o primeiro item avaliado pelo usuário do software, porém outras mudanças significativas serão percebidas no uso diário do programa.

Ajustando as Barras de Ferramentas

Após a instalação do aplicativo, a primeira providência é executar o programa. A imagem abaixo é uma cópia da janela principal do ArcMap:

Com o ArcMap aberto, confira se os aplicativos que fazem parte do ArcInfo estão habilitados (A execução desse passo depende do tipo de licença adquirida). O menu Customize – Extensions permite habilitar/desabilitar todas as extensões da suíte ArcGIS integradas ao ArcMap:

Após habilitar os poderosos recursos do ArcInfo, é hora de ativar a Barra de Ferramentas Editor. Essa barra é responsável pela edição de todo os arquivos shapefile no SIG:

Com a Barra de Ferramentas Editor ativa, você pode personalizar a interface do ArcMap com outras barras de ferramentas. No meu Customize – Toolbars você pode habilitar diversos conjuntos de ferramentas. As ferramentas frequentemente usadas são:

  • Advanced Editing (edição avançada de feições);
  • Georeferencing (georreferenciamento de arquivos raster);
  • Draw (recursos de desenho com gráficos);
  • XTools (conjunto de ferramentas de terceiros).
 

A barra de ferramentas Advanced Editing pode ser posicionada no sentido oeste, ao lado da janela Table of Contents. A barra de ferramenta Draw deve ser posicionada ao sul da janela principal.  A barra Georeferencing pode ficar posicionada ao lado da barra de ferramentas Editor. Fique à vontade para posicionar as barras de ferramentas do ArcMap de acordo com seu gosto:

Instalação do XTools

XTools é um conjunto de ferramentas para o ArcMap desenvolvido pela empresa Data East que reúne diversos algoritmos para auxilar na edição vetorial. Essas ferramentas são de grande ajuda no uso diário, porém boa parte desses recursos podem ser encontrados nas ferramentas do ArcToolBox.

Feche o ArcMap antes da instalação do XTools. A instalação é bem simples. Ao terminar, execute o ArcMap.  No menu Customize – Extensions você pode verificar se o XTools foi instalado corretamente. Certifique-se de clicar no menu Customize – Toolbars – Xtools Pro caso a barra de ferramentas XTools não esteja visível.

Você pode fazer o download e utilizar o XTools gratuitamente por 15 dias. Após esse período, é necessário adquirir uma licença para continuar a utilizar o programa.

ArcMap 10: Ferramentas Personalizadas

Você pode personalizar o ArcMap adicionando diversas ferramentas ausentes na configuração padrão. Recursos exaustivamente acessados pelo usuário (Open Attribute Table, Add XY Data, Snapping, Zoom to Selected Features, etc) podem ser arrastados para qualquer barra de ferramentas existente.

O objetivo aqui é criar um botão que possa abrir a tabela de atributos de um shapefile com um único clique (CTRL+T é um atalho para o teclado que executa a mesma função). Esse recurso pode ser executado através de uma função do XTools):

Arraste o algoritmo desejado para qualquer barra previamente estabelecida:

Outro recurso exaustivamente executado é a aplicação de um zoom numa camada (Zoom to Layer). Incrivelmente a ESRI não disponibilizou até hoje um único botão capaz de executar essa função (ALT+clique é o atalho que desempenha a mesma função). Se alguém conhece outra forma para executar a função Zoom to Layer através de um único clique, por favor entrar em contato.

Essas modificações devem ser realizadas num documento em branco para que o ArcMap possa carregá-las sempre que for aberto. Nos próximos tópicos vamos continuar analisando os recursos mais importante do SIG mais famoso do mundo.

13 Comentários

  1. post muito bom mesmo. gostei. agora tenho um recado acho que vc ja viu. todas as vezes que acesso sua página o meu antivírus fica louco pois qd seus banners .swf estão carregando o antivírus diz que é malware e tal essas coisas. dá uma olhada aí.

    falow

  2. Olá Rusllan,

    Estou reformulando o site e em breve estarei transferindo o conteúdo do blog para um servidor na Web. Esses banners não vão existir na nova versão do blog. Abraços.

  3. Adorei as postagens sobre os primeiros passos do ARC GIS 10.0. Instalei o programa no meu computador e agora estou aprendendo a utilizá-lo,por isso estou ansiosa por novas postagens sobre esse tema.
    Preciso dessa ferramenta para trabalho, pois sou Engenheira Ambiental e o ARC GIS é essencial para quem exerce essa área.
    Gostaria de aproveitar a oportunidade e perguntar se você sabe de cursos e/ou tem mais materiais sobre a utilização do ARC GIS que possa compartilhar comigo?!

    Parabéns Jorge, vou aguardar as novidades!

  4. olá jorge antes de mais nada parabenizo você pela iniciativa de ajudar quem esta começando,sou estudante de licenciatura em geografia e nao tenho aulas tecnicas por isso suas postagens tem me ajudado bastante e tenho divulgado seu blog a meus colegas. parabens ai mano. vlw!!!! abraços.

  5. Bacana o blog. Estou niciando no ArcGIS 10, porem não estou encontrando os arquivos modelos, para seguir os tutoriais. Você poderia me indicar como consigo estes arquivos? Grato

  6. Essa tua iniciativa foi Show!!! Parabéns!! teu blog será bastante indicado por mim!!! Continue assim…pois estás promovendo a inclusão digital de um grande número de usuários!! conte com o nosso apoio!

DEIXE UMA RESPOSTA