GRASS 6.4: Mosaico de arquivos SRTM através da linha de comando – Parte 02

3

Segunda parte do tutorial para gerar mosaico de arquivos SRTM através do aplicativo SIG GRASS. O software livre GRASS está disponível após a instalação do Quantum GIS 1.7.3 + GRASS 6.4 RC2 pelo instalador OSGeo. Embora o foco do post seja o processamento via linha de comando, julguei interessante imprimir algumas telas do Linux e Windows neste tutorial.

Para executar o GRASS no Windows, clique em:

Iniciar - Programas - OSGeo - GRASS GIS 6.4 RC2

Para executar o GRASS no Linux, digite no Terminal:

$ grass64 -wxpython

Na janela inicial do GRASS, é preciso estabeler a:

Durante a criação de um Location no GRASS, é importante definir a projeção em Lat/Long e o valor da resolução do SRTM em graus (valor do pixel: 0.0008333 – aproximadamente 90 m).

GRASS 6.4: Linha de Comando

Inicie o GRASS. No Windows, os comandos devem ser digitados na guia Console de Comandos, localizada na janela Gestor de Camadas do SIG GRASS

No Linux, os comandos podem ser digitados no terminal, porém é preciso acessar o diretório os arquivos de trabalho estão localizados.

GRASS 6.4.1 (newLocation):~> cd Cartografia/DEM/QGIS/HGT

GRASS 6.4: Mosaico de Imagens SRTM

No Windows, para mosaicar os arquivos HGT do SRTM, digite na guia Console de Comandos:

gdalwarp C:\Cartografia\DEM\QGIS\HGT\*.hgt C:\Cartografia\DEM\QGIS\HGT\mosaico_srtm.tif

OBS: Diferente do Linux, no Windows é preciso informar o diretório das imagens.

No Linux, após acessar o diretório de trabalho, digite no Terminal:

gdalwarp *.hgt mosaico_srtm.tif

O mosaico será armazenado no mesmo local dos recortes SRTM:

Para importar o mosaico SRTM para o projeto GRASS, digite o comando:

Windows

r.in.gdal input=C:\Cartografia\DEM\QGIS\HGT\mosaico_srtm.tif output=mosaico_srtm

Linux

r.in.gdal input=mosaico_srtm.tif output=mosaico_srtm

Finalmente, para visualizar o mosaico SRTM no projeto do Windows, digite o comando abaixo:

d.rast -o map=mosaico_srtm@SRTM

Usar o botão Add Raster Map Layer presente na janela principal do GRASS tem o mesmo efeito:

A visualização do SRTM no GRASS possui uma tabela de cores nativa (clique para ampliar):

  

GRASS 6.4: Exportar dados para GeoTiff

Clique no menu Arquivo – Exportar Mapas Raster – Formatos de Exportação Comuns.

Indique um local de saída dos arquivos:

Marque a opção para ignorar a tabela de cores do GRASS. Selecione o formato de saída GeoTiff, Unsigned Int 16 Bits (Inteiro não-sinalizado de 16 Bits).

Essa será a aparência do seu mosaico SRTM no SIG:

No próximo tutorial vamos executar esses passos no QGIS. Deixe seu comentário!

 

3 Comentários

  1. Olá Jorge, é possivel que não tenha percebido bem este tutorial, mas acho que depois de descarregar as imagens SRTM teria sido suficiente usar a ferramenta “merge” no menu “raster” de QGIS. Desta forma o resultado seria um raster, no formato GeoTIFF (ou outro), tudo feito com 1 simples operação. Cumprimentos.

    • Olá Giovanni! É verdade o que você falou: é possível mosaicar cenas facilmente no QGIS através do GDAL (aliás, o GRASS também utiliza a biblioteca GDAL para esse processo), mas meu objetivo é desvendar os segredos do GRASS que pouca gente aqui no Brasil conhece. Ele é o software GIS livre mais antigo e mais completo que existe.

      Obrigado pela sua colaboração!

  2. Gostaria de saber como faço para realizar um mosaico de imagem SRTM. já tentei vários metódo e não consigo.
    Quero fazer um mosaico de 3 imagem SRTM em formato tiff, como devo fazer esse mosaico no argis.
    Será que vc pode me ajudar.
    Grata!

DEIXE UMA RESPOSTA