Quantum GIS 1.7.3: Alteração no tipo de dado em arquivos CSV

3

Essa é uma dica da Anita Graser, desenvolvedora GIS e integrante do Planeta QGIS. No Fórum do QGIS, ela é conhecida como Underdark (http://underdark.wordpress.com/).

Ao importar dados separados com vírgulas para o SIG, os registros assumem automaticamente o comportamento de Texto (String). Use essa dica do Underdark para definir registros do arquivo CSV no formato Inteiro (Integer), Real (Double), Data (Date), etc. antes de importar esses dados tabulares para o programa.

Ferramenta Texto Delimitado

Permite importar para o Quantum GIS arquivos CSV exportados do LibrOffice Calc ou MS Excel. Para importar esses dados para o SIG, é fundamental que o documento CSV contenha duas colunas com coordenadas XY.

O plugin pode ser ativado através do menu Complementos – Gerenciar Complementos.

Clique no ícone Texto Delimitado para importar arquivos CSV para o Quantum GIS. Vamos importar o arquivo mais adiante.

Conheça o formato de arquivo CSVT

Para permitir a leitura de campos nos mais variados tipos de dados, vamos utilizar o formato de arquivo CSVT. Esse dado informa para o SIG quais campos devem ser organizados como texto ou inteiro. Para ilustrar esse procedimento, vamos separar uma tabela com condições de ser importada para qualquer programa GIS:

Salve esse documento para CSV. Abra esse documento com ajuda de um editor de texto. A separação dos campos é delimitada através do ponto e vírgula ou vírgula (veja imagem abaixo):

Apague os dados dos campos e conserve apenas os títulos das colunas:

Você pode definir um tipo de dado para cada coluna. Em nosso exemplo, temos sete colunas. Minha definição pessoal para cada coluna dessa tabela é:

  • ID: Números Inteiros;
  • X e Y – Números Reais (com casas decimais);
  • Nome, Endereço e Municipio: Texto;
  • Clientes: Números Inteiros.

Especifique o tipo de arquivo desejado entre aspas, sem espaços e separado por vírgulas. Esses arquivos correspondem ao número de colunas do arquivo CSV:

"Integer","Real","Real","String","String","String","Integer"

No editor de texto, salve esse arquivo com a extensão CSVT (todos os arquivos) conservando o mesmo nome do arquivo CSV original.

Agora você pode importar a tabela para o Quantum GIS através da ferramenta Texto Delimitado. Selecione o delimitador de campo e as colunas XY. Pode ser necessário informar um Sistema de Referência para essa camada.

Acesse as Propriedades da Camada e verifique os tipos de dados.

Resultado Final

De acordo com a menina Underdark, é possível definir o comprimento e a precisão dos campos nos arquivos CSVT:

"Integer(6)","Real(5.5)","String(22)"

Sem sombra de dúvida, essa é uma dica fantástica para o Quantum GIS!