ArcGIS: Aprenda a Transferir Projetos através dos Caminhos Relativos

7

arcgis11b

Muitas vezes é necessário transferir um projeto do ArcGIS de um computador para outro. Um projeto é uma coleção de arquivos shapefile, imagens e outros elementos integrados no arquivo de mapas. Quando um projeto é salvo, o ArcGIS armazena links para estes arquivos de modo que eles possam ser localizados e abertos.

Se um projeto é para ser usado em apenas um computador (onde a estrutura de diretório não muda), a localização desses arquivos não é particularmente importante. No entanto, o local se torna muito importante se você deseja transferir um projeto para outra máquina. Esté tópico descreve como organizar seus arquivos e criar um projeto para acesso posterior com muita facilidade.

Arquivos dentro de um projeto, sejam eles shapefiles, arquivos de banco de dados ou camadas de imagem, muitas vezes podem ser localizados em muitos lugares dentro de uma estrutura de diretório. Por exemplo, em diferentes discos rígidos no seu computador local, em unidades de rede ou em mídias como CDs/DVDs. Um projeto do ArcMap (. MXD) é uma coleção de ponteiros ou caminhos de arquivos para que o programa saiba onde encontrá-los.

A forma padrão dos caminhos salvos no ArcGIS é o caminho completo, por exemplo: C:\Dados\Rodovias\estradas.shp. Quando um projeto é salvo no ArcMap, somente são salvos os caminhos e não os arquivos propriamente ditos. Então, se você gravou um projeto com caminhos completos salvos no computador e tentar abri-los em outro computador, ele pode não funcionar. Esse problema pode ocorrer por duas razões:

  • Os caminhos não apontam para qualquer lugar no outro computador (A menos que todos os arquivos do projeto no outro computador estejam exatamente no mesmo local);
  • Os arquivos que constituem o projeto podem ter sido acidentalmente excluídos.

Caminhos Relativos

Se você optar por salvar o projeto usando caminhos relativos, é mais provável que  outro computador seja capaz de compreender os caminhos que foram transferidos. Caminhos relativos são caminhos em relação ao projeto em si. Por exemplo, se você salvar tudo (o projeto e os arquivos) em C:\Dados\Rodovias, o caminho relativo a partir do projeto para cada arquivo é simplesmente \Rodovias. Isto significa que os projetos podem ser movidos de um computador que usa ‘C’ do HD local para outro PC com drive “D” sem quaisquer problemas.

Como observado anteriormente, no entanto, copiar simplismente o arquivo. MXD não vai abrir os arquivos; você precisa ter os arquivos também. Para obter sucesso, basta salvar tanto o projeto como os arquivos na mesma pastaou pelo menos na pasta pai. Se, por exemplo, você está gravando um CD para ser usado em outro computador, é necessário gravar todo o diretório pai. Ao abrir um projeto criado a partir do CD, os caminhos relativos apontam para os arquivos localizados na pasta pai e o computador  facilmente localiza e abre todos os arquivos do projeto.

Siga os passos abaixo para criar caminhos relativos:

1 – Organize as feições do seu projeto em pastas de acordo com as características de cada elemento (no exemplo do tutorial, eu criei uma pasta PROJETO no drive C: e armazenei cada geometria em pastas diferentes):

2 – No ArcMap, crie um novo documento MXD e adicione todos os elementos com as simbologias necessárias:

[Visualização em 1080×865 Pixels]

3 – Após finalizar a organização de todos os arquivos, acesse o Menu File – Document Properties. Na janela Untitled Properties, pressione o botão Data Source Options:

4 – Marque a opção “Store relative path names to data sources” e pressione o botão OK.

5 – Salve o projeto do ArcMap juntamente com as pastas onde estão as feições:

O resultado dessa operação pode ser visualizado ao tentar abrir esse MXD em qualquer diretório ou pasta de outro computador. Esse é o método mais seguro para reproduzir seus projetos do ArcGIS em outra máquina.

Que tal experimentar essa dica abrindo no seu computador as feições utilizadas neste tutorial? Faça o download dos arquivos (ArcGIS 9.3) clicando no link abaixo:

Processamento Digital: Transferência de Projetos através dos Caminhos Relativos (27 MB)


Envie suas sugestões e dicas para o e-mail procdigital@gmail.com

7 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA