ArcGIS 10: Criação de Shapefile de Pontos a partir de uma Localização XY

78

O leitor Jesse nos enviou a seguinte pergunta:

“Como posso criar um shape de pontos a partir de infomações de localização x,y?”

No ArcGIS 10, a função Add XY Data permite importar temporariamente coordenadas de uma planilha eletrônica diretamente para o programa. Após a importação, os pontos espacialmente referenciados devem ser exportados para o formato shapefile. 

Coordenadas Geográficas em Graus, Minutos e Segundos

Conheça alguns pré-requisitos fundamentais para conclusão dessa tarefa:

  • As coordenadas devem ser armazenados em planilha eletrônica ou arquivo texto;
  • É obrigatório que a planilha possua duas colunas XY com coordenadas da Latitude e Longitude;
  • O SIG ArcGIS não admite a importação de coordenadas no formato GMS (Graus, Minutos e Segundos);
  • É necessário converter coordenadas GMS para Graus Decimais.

Faça o download da Planilha para conversão de Coordenadas em GMS para Graus Decimais (formato Excel).

Tutorial

Vamos trabalhar com duas planilhas. Abaixo temos a planilha modelo que iremos utilizar como base de dados:

 

Na planilha acima, os campos ID, NOME e ESTADO são campos que contém dados comuns. Os campos W e S são os campos mais importantes pois possuem as coordenadas da Latitude Sul (S) e  Longitude Oeste (W). Pelas informações da planilha, sabemos que as coordenadas em graus, minutos e segundos indicam que os pontos estão espacialmente posicionados em oito locais do Estado do Rio de Janeiro. 

A segunda planilha é o conversor de coordenadas. Infelizmente somos obrigados a utilizar essa planilha de conversão pois o SIG não compreende o formato numérico em GMS.

A conversão é simples: digite os valores das coordenadas nos campos G, M e S. Você pode tomar emprestado alguns campos em branco da planilha de conversão para agilizar a digitação. Um detalhe: o separador no Excel Português-BR é a vírgula. Em outras palavras, ao invés de digitar 20.15, digite 20,15 para inserir corretamente os valores correspondentes aos segundos:

[Tela Cheia | 1027 x 588 pixels | http://goo.gl/uGkMp ]

Durante a edição, você pode modificar a direção do cursor nas Opções do Excel. Por padrão, ao pressionar ENTER, o cursor move-se para baixo. Na verdade,  se o cursor fosse direcionado para direita ao confirmar uma edição, seria ideal. Veja como alterar isso nas opções do programa:

Ao terminar a inserção dos valores, copie as células das coordenadas em Graus Decimais:

Abra uma nova planilha e clique com o botão direito do mouse sobre uma célula vazia. Selecione a opção Colar Especial: 

Na janela Colar Especial, selecione a opção Valores (somente números serão colados, isso evita a cópia desnecessária das fórmulas presentes na planilha anterior):

Os números serão colados com sucesso. Formate as colunas para Número com seis casas decimais. Finalmente, eis as coordenadas convertidas para Graus Decimais:

Salve esse documento como formato anterior do Excel (XLS). A partir de agora, podemos considerar que esta planilha está espacialmente referenciada. Estamos a um passo da tarefa de importação dos pontos para o ArcGIS 10.

Definindo um Sistema de Coordenadas para o Dataframe

Abra o ArcGIS 10. Antes de distribuir os pontos no mapa, é necessário definir o Sistema de Coordenadas Geográficas  para o Dataframe e selecionar um Modelo da Terra (Datum). O sistema de coordenadas geográficas padrão do mundo é o WGS 1984 e o Datum, também WGS 1984. Para executar essa tarefa, siga os passos abaixo:

  • Clique duplo sobre o Dataframe Layers para acessar suas propriedades (1).
  • Na janela Data Frame Properties, acesse a guia Coordinate System. Acesse a pasta Geographic Coordinate System – World – WGS 1984:

O Sistema de Coordenadas escolhido para o Dataframe chama-se  Geographic Coordinate System, Datum WGS 1984  ou simplesmente GCS_WGS1984. Mais adiante, será necessário atribuir o mesmo Sistema de Coordenadas para o arquivo final. Para maiores informações sobre Sistemas de Coordenadas, consulte o documento abaixo:

ArcGIS 10: Primeiros Passos – Parte 04 | (2,8 MB) | http://bit.ly/LaYinm

ArcGIS 10: Função Add XY Data

Após definir o sistema geográfico no Dataframe, carregue sua base cartográfica padrão (shapefile de Estados, Municípios, Hidrografia, etc) e clique no menu File – Add Data – Add XY Data:

Clique na pasta para navegar até o local onde sua pasta de trabalho foi salva. Abra a pasta de trabalho e localize a planilha que contém as coordenadas:

Defina os campos da Latitude (Y) e Longitude (X) de acordo com as colunas da planilha que contém as coordenadas em Graus Decimais:

Os pontos temporários serão distribuídos no mapa. A projeção padrão é Geographic Coordinate System WGS 1984:

[Tela Cheia | 899 x 685 pixels | http://goo.gl/XKYEF ] 

No Dataframe Layers, clique com o botão direito do mouse sobre o shapefile Events e selecione a opção Open Attribute Table. Consulte os atributos do arquivo shapefile criado:

Exportando um Arquivo temporário para Shapefile

Um arquivo Events é um arquivo temporário. Para salvar definitivamente esse arquivo como shapefile, clique com o botão direito do mouse sobre o shapefile Events e selecione a opção Data – Export Data

Na próxima janela, o programa irá sugerir a adoção de um Sistema de Coordenadas. Nosso objetivo é gravar o sistema GCS_WG1984 no novo arquivo, então indique o mesmo sistema de coordenadas definido para o Dataframe. Selecione um nome e um local para o arquivo shapefile e clique no botão OK:

Confirme a opção abaixo para  inserir o arquivo final no mapa:

O arquivo gerado deve ser adicionado aos demais dados presentes no mapa. Você pode agora remover os pontos temporários:

Resultado Final: Shape de Pontos distribuídos no Mapa

[Tela Cheia | 1040 x 831 pixels | http://goo.gl/KcvcM ] 

Os pontos foram distribuídos no mapa a partir da localização XY conforme nosso colega pediu.

Esse foi um longo tutorial, assunto extremamente conhecido, mas não devemos desanimar. Essa dúvida foi pertinente no seguinte sentido: eu posso aproveitar esse tutorial para criar uma lista de perguntas frequentes, estilo FAQ. Certamente esse FAQ vai facilitar a vida dos novos colegas que eventualmente desembarcarem aqui no blog, não acha?


Envie suas sugestões e dicas para o e-mail contato@processamentodigital.com.br

78 Comentários

  1. Olá Jorge, gostaria de saber se é possível também a criação de polígonos a partir das coordenadas do arquivo excel? e como se faz?
    Desde já agradeço a atenção!

    • Oi amigo, como vai?

      O procedimento é idêntico: vc espacializa os pontos para o ArcGIS, depois você tem duas opções:
      – Rodar um geoprocesso para converter pontos em linhas;
      – iniciar a edição e, com o spnapping, desenhar a geometria do polígono.

      A primeira opção não é muito garantida porque o software nem sempre consegue traçar automaticamente o polígono na direção correta. Recomendo desenhar pelo Modo de Edição.

      Abrs,

      Jorge Santos

  2. Fala Jorge, tudo bem?

    Quando fui exportar os arquivos temporários para o formato Shapefile apareceu a seguinte mensagem de erro:

    “Error exporting data.
    The maximum record length has been exceeded.”

    A planilha que tentei exportar possui um total de 170 colunas, acredito que o problema seja esse visto que a mensagem de erro faz referência a um limite de registros excedidos…

    A única solução que encontrei para o meu problema, foi de importar a tabela para um “file geodatabase” e depois exportar o “pontos” para o mesmo “file geodatabase”. Ainda assim tive alguns problemas, visto que nem todos os pontos foram gerados…Tem alguma idéia de como posso resolver esse problemas?

    Abraços,

    • Nossa, Lucas, foi isso mesmo que eu ouvi? Você tem uma planilha com 170 colunas? Nunca vi tantos registros juntos. Se você dissesse “170 linhas”, tudo bem, mas você quer levar um bando de dados inteiro para o DBF, hehehehe.

      Talvez seja outro problema: o limite do comprimento (length) do campo foi excedido. Em outras palavras, se você tem registros nessa tabela monstro que ultrapassam a quantidade de 255 caracteres (o máximo de registros tolerados para o campo do tipo TEXTO), você pode ter esse tipo de problema.

      http://resources.arcgis.com/en/help/main/10.1/0056/005600000013000000.htm#GUID-A10ADA3B-0988-4AB1-9EBA-AD704F77B4A2

      Também é preciso ter cuidado com o título das colunas e formatação de caracteres especiais. Passa um pente fino nessa planilha aí, garoto, ou então tente abri-la no Access e exportá-la para DBF. Abraços.

  3. Muito obrigada, este post foi de grande utilidade. Porém tive de usar um arquivo .txt, porque com o arquivo do excel os pontos ficavam fora do mapa e numa reta, em diferentes ângulos.
    Você saberia o porque??

    Muito obrigada. Abraços!

  4. Olá SANTOS, J.

    Gostaria de parabenizá-lo pelo post.
    Mas tenho uma dúvida.
    Qual a fonte da planilha de conversor de coordenadas?
    Ou foi desenvolvida por você mesmo?
    Desde já agradeço.

  5. A Transformação foi feita com sucesso, isso vai ajudar decerta forma aos usuários do GIS que pretendem exportar dados em grande parte guardados em arquivos de Excel.

  6. Eu axo que é pq vc tem que colocar a tabela em formato ''NÚMERO''. Vc seleciona o x e o y aperta com o botão direito, vai em formatar células e na coluna da esquerda seleciona a opção ''número''. Ou então faz isso diretamente na aba de ferramentas do Excel, na parte superior da tela.

  7. Não necessariamente. Essa mensagem aparece porque o arcGIS não reconhece o campo Object ID pelo simples motivo: este é um campo gerado para o formato Geodatabase. E isso não é um erro, é um aviso. Basta clicar com o botão OK e o dado será adicionado normalmente.

  8. Pessoal tenho uma tabela com coordenadas geográficas e preciso espacializar estes pontos.
    Utilizo a ferramenta display XY data para executar a espacialização, ele consegue mostrar os pontos no arggis, mas a tabela de atributos vem vazia.

    Ja tentei colocar todos os campos da tabela em formato texto, mas o problema insiste. Alguem pode me ajudar?

  9. Olá! Por favor… fiz tudo, porém qdo add a tabela os campos ‘x’,’y’ não possuem as opções ‘latitude e ‘longitude’ q fiz no exel como vcs. Mas… há um detalhe a mais… as minhas coordenadas estão em Graus Minutos Decimais (Degrees Decimal Minutes), sendo q no dataframe nas propriedades, e em ‘General’ alterei as ‘Unidades do mapa p Decimal Degree e do ‘Display para Degrees Decimal Minutes… OMG! o q fazer? Essa confusão é simplesmente pq recebi as coordenadas nesse formato e não encontrei conversor p Grau Decimal, pois a q aqui é oferecida não se aplica a GDM 🙁 Help!!

  10. Prezado. As informações postadas são de grande valia para os iniciantes no mundo Arc. Obrigada!
    Bem, minha dúvida refere-se a localização X e Y. No meu caso, tanto o campo (Y) quanto o campo (X) estão aparecendo com definição Longitude. Na tela exibir dados x e y não consigo alterar. Existe alguma ferramenta para corrigir, colocando o y como latitude? Lembrando que na minha planilha tem 4 abas, e apenas uma delas apresentou esse problema.
    Agradeço pela atenção.

  11. Olá Jorge,
    Estou com o seguinte problema,
    Adicionei os pontos normalmente através do excel, mas o shape do município ficou numa projeção bem menor. Os pontos eram para sobrepor esse shape. Como faço agora?
    Aguardo retorno.

    Obrigada!

  12. olá Jorge, estou precisando fazer um ou uns mapas com pontos, não disponho de muito tempo e conhecimento, gostaria de saber se você tem vaga na sua agenda para realizar tal atividade

    qualquer coisa espero sua resposta no meu e-mail

    Grata
    Cléia Santos

  13. Boa tarde Jorge!
    Fiz a conversão de GMS para GD e mesmo assim o arcgis não está aceitando a coluna LAt somente a long. O que eu faço? Posso te enviar a tabela para vc olhar para mim?

    • Fala Matheus, tranquilo?

      Recebi sua planlha. Nomes de coluna não podem conter espaços, acentuação e outras bizzarices, senão o ArcGIS não aceita.
      Renomeei todos os itens das colunas. Tem um espaço no campo Lat se não me engano.

      Espacialização concluída. Bom trabalho!

  14. Olá eu estou com uma dúvida, eu tenho as coordenadas em UTM, porém quando vou setar o datum da projecao UTM no data frame tenho que saber o datum ? como descobrir isto, pois a principio coloquei SAD69 depois mudei para SIRGAS e os pntos cairam em local diferente mesmo a coordenada sendo a mesma, estou bem confuso, poderia me ajudar?

  15. Jorge Santos eu estou com um problema, o meu tbm apareceu a msm frase, dei o OK e ficou beleza. Mas quando vou exportar p/ Shapefile não da certo. Fica apenas 2 pontos nos extremos do DataView, mesmo o extend!

  16. Boa noite, Jorge. Primeiramente obrigada pelo excelente tutorial. Porém estou com um problema, espero que possa me ajudar: eu importei o shape com o Estado, assim como você fez. Em seguida inseri as coordenadas XY seguindo os passos do tutorial, porém, quando eu os importei o shape do Estado sumiu, e ele só volta a aparecer quando eu excluo as coordenadas. Eles não se sobrepõem como no seu exemplo.
    Como devo fazer? Obg

  17. Prezado Jorge, boa tarde ! Poderia tirar uma dúvida ? Estou com problemas para enviar um Shape para o SIGAM. Está tudo aparentemente correto porém quando faço o UpLoad no site, ele me fala que tem mais que uma poligonal sendo que só tem uma e não consigo enviá-la. Poderia me ajudar com isso ? Obrigado. George

  18. Olá.
    Estou fazendo todos os passos como você fez. Os pontos ficam alinhados entre si, porém, totalmente fora do mapa.
    Não é questão nem do sistema de coordenadas, pois fica muito distante mesmo.
    Já tentei colocar as coordenadas em UTM também, mas nao deu certo.
    Sabe o que pode estar acontecendo?
    Muito obrigada pelo material!!

  19. Jorge, você saberia me dizer se tem como alterar as coordenadas de um ponto que foi digitado incorretamente já dentro do arquivo importado no arcgis ? Alterei na edição para testar mas ele continua caindo no mesmo lugar. A única forma é criando um novo ou na tabela fora do arcgis e importar novamente ou criar um ponto com a ferramenta XY converter pra shape e fazer um merge ?

  20. Olá, bom dia. Eu fiz este passo a passo como vc mostrou. eu abro o mapa do Rio de Janeiro e quando eu vou add as coordenadas XY em relação ao mapa os pontos vão para o canto inferior direito da minha vista de mapas, completamente fora do mapa, poderia me dar alguma dica?

  21. Jorge, boa noite!

    Gostaria de agradecer primeiro pelas dicas. Foram bem uteis, mas estou precisando de alguns shapes da cidade do Rio de Janeiro para um trabalho. Alguém poderia me ajudar? Preciso de regiões de planejamento, uso do solo, áreas de proteção, hidrografia e sub-bacias hidrográficas e macrozoneamento . Abraços Maria Raquel

  22. Boa tarde, Jorge! Obrigada pelo excelente tutorial.
    Mas, estou com um probleminha, segui passo a passo: importei o shape com o município. Em seguida inseri as coordenadas XY (planilha excel), entretanto, eles não se sobrepõem como no seu exemplo. Cada um fica num Data Frame.
    O que devo fazer? Obg

DEIXE UMA RESPOSTA