ENVI 5.0: Observações sobre a Nova Interface

 

Infelizmente, minhas primeiras impressões sobre a versão 5.0 do ENVI não são positivas. O programa deixou a desejar e ainda não está totalmente funcional. Leia minhas impressões abaixo.

O conhecido problema de Transição de Versões

Os usuários do ENVI de longa data que esperavam por profundas mudanças na versão 5.0 do aplicativo, devem ter se decepcionado – e muito – com o novo aplicativo PDI desenvolvido pela empresa ITT Exelis. Não é de admirar: o ERDAS 2010 e o ArcGIS 10 padeceram do mesmo problema: o confrontamento com o novo. Novas interfaces, novos algoritmos e, como não poderia deixar de ser, novos bugs estão presentes.

Janelas Acopladas, Interface Opaca

Através dos recursos das janelas acopladas, o ENVI 5 descolou-se dos seus antecessores, isso é um fato. Em contrapartida, se considerarmos o aspecto visual, o ENVI 5 é o aplicativo mais sem graça da família, graças a sua interface cinzenta e insosa.

Veja abaixo, em primeira mão, a janela principal do ENVI 5 (clique pra ampliar):

 

Problemas que não existiam agora existem

Existe um adágio que diz: “A modernidade veio trazer a solução para problemas que antes não existiam.” Semelhante ao problema de compatibilidade do Leica ERDAS 2010 e ao inferno astral pelo qual passou o ESRI ArcGIS 10 com seus milhares de Services Packs, a nova versão do ENVI realmente trouxe problemas que não existiam nas versões mais antigas. Quer um exemplo? Tente realizar uma Composição Colorida RGB no ENVI 5. Você não vai conseguir, pois surgirá uma janela de erro! Por favor, perdoem-me, senhores desenvolvedores: erro ao realizar uma composição RGB? Não dá para acreditar. Fiz questão de registrar algumas dessas limitações que detectei em minha breve investigação sobre o ENVI 5.

ENVI 5.0 Tutorial: Composição Colorida RGB não funciona

Para  compor uma imagem RGB a partir de bandas separadas, siga os passos abaixo:

Clique no botão Data Manager. Este é o ponto de partida para gerenciar arquivos no ENVI 5:

Na janela Data Manager, clique no botão Open:

Selecione as bandas para compor o raster colorido e clique no botão Abrir:

A nova versão do programa tem suporte para criação de pirâmides. A janela de processo foi incorporada no canto inferior direito da janela principal. Aguarde a finalização do processo:

No menu suspenso Band Selection, Combine as bandas 5-4-3 de acordo com os ícones que representam as cores dos canais RGB:

Clique no botão Load Data. Parabéns, você receberá a seguinte mensagem:

Entramos em contato com o suporte do ENVI e fomos informados que essa limitação será superada nas versões futuras do programa. Por hora, só nos resta praticar o exercício da paciência e aguardar o ENVI 5.1 com as devidas correções.

ENVI 5.0 Tutorial: Equalização de Imagens não funciona

Como sou insistente, não iria desistir na primeira tentativa, correto? No menu direito da janela principal do programa estão as rotinas do ENVI 5. Para realizar a Composição RGB, Clique na pasta Raster Management – Layer Stacking (Camada Acumulada). Faça a Composição RGB através do algoritmo Layer Stacking. Funciona perfeitamente.

Com a imagem transformada em RGB, vamos tentar uma equalização automática no ENVI 5. Escolhi o modo Optimized Linear, que me agradou um pouco:

Salvei a imagem como GeoTIFF. O realce automático não foi aplicado na nova imagem. Mais um problema detectado no ENVI 5:

Se tudo não funcionar, use a versão clássica do ENVI

Mas nem tudo está perdido: prevendo as possíveis reclamações que eventualmente poderiam surgir, os desenvolvedores embutiram a versão clássica do ENVI no pacote, de uma forma quase escondida! Mas eu descobri como como acessar o ENVI 5.0 Clássico! todos os seus menus e funções estão lá:

Iniciar – Programas – ENVI 5.0 – Tools – ENVI Classic

Considerações Finais

A versão 5 do ENVI precisa de aprimoramentos. Se você ou sua empresa fez aquisição recente do ENVI 4.8, não aconselho a migrar para o ENVI 5 agora, a não ser que você necessite de algum algoritmo poderoso para realizar Change Detection ou Classificação Orientada a Objeto. Neste caso, não tem jeito. De qualquer forma, você pode contar com a versão clássica do programa para solucionar problemas inesperados.


Envie suas sugestões e dicas para o e-mail contato@processamentodigital.com.br



Técnico em Cartografia, Blogueiro, Fascinado por Tecnologia e futuro Geógrafo, Jorge Santos atualmente trabalha com Geotecnologias no Rio de Janeiro. Seu objetivo é avançar sempre, sem esmorecer, rumo ao pleno conhecimento cartográfico.

3 Respostas para “ENVI 5.0: Observações sobre a Nova Interface”

  1. André

    jul 23. 2012

    Jorge,

    Concordo integralmente com suas observações. Instalei o Envi 5.0, testei algumas funcionalidades e rapidamente voltei pra versão 4.8. O que me pareceu da nova versão é que se trata um programa antigo com roupagem nova e com mais bugs, ou seja, ainda não compensa a mudança.
    Não tinha me dado conta do Envi Classic instalado conjuntamente. Até tinha lido algo no HELP, mas não tinha entendido se estava disponível e onde estava.

    Reply to this comment
  2. Ricardo Almeida

    ago 06. 2012

    Muito amigável essa interface do ENVI 5! Gostei! Vamos ver na prática.

    Reply to this comment
  3. fabricio silva

    nov 12. 2014

    Concordo plenamente com voce Jorge.
    Descobri a versão classica também. De cara eu também nao gostei da interface, porém o que conta mesmo é o poder de realizar as tarefas. Na minha opnião também me decepcionei.

    Reply to this comment

Deixe uma Resposta