ArcGIS 10: Conversão do Label do Shapefile para Annotation do CAD

13

Hoje você vai aprender os procedimentos para conversão dos rótulos (labels) do shapefile para o formato Annotation do CAD.

Para realizar essa conversão, é necessário utilizar o formato Geodatabase.

Preparando os Dados

Um amigo que utiliza o AutoCAD solicitou a digitalização de uma carta topográfica na escala 1:10.000. Como se tratava de um informação um pouco antiga, o desenho do terreno não possuía nenhuma malha de coordenadas, então tomei a iniciativa de adicionar uma através da ferramenta Fishnet do ArcToolBox (Data Management Tools – Feature Class – Create Fishnet):

Malha de coordenadas sobre a topografia digitalizada

[968×601 pixels]

O plano era bom, mas malha não estava completa porque faltavam as coordenadas. Para criar coordenadas, primeiro tive que converter a grade de linha para pontos (Data Management Tools – Features – Feature Vertices to Points), depois adicionei as coordenadas na tabela dos pontos através da função AD XY Coordinates (Data Management Tools – Features – Add XY Coordinates).

Para inserir a malha de coordenadas, estou considerando apenas a parte inteira de cada coordenada. Como a função ADD XY Coordinates cria valores após a vírgula, usei algumas técnicas com a Calculadora de Campo para converter números inteiros para string (texto) e selecionar todos os caracteres à esquerda da vírgula. Minha tabela de atributos ficou assim:

Malha de Coordenadas convertidas para pontos com coordenadas esteticamente criadas nos atributos

[968×601 pixels]

Exibição de Vários Rótulos

Clique com o botão direito sobre a camada de pontos e acesse suas propriedades. Procure pela guia Labels e marque a opção Label features in this Layer.

Propriedades da Camada - Guia Labels

Clique no botão Expression e digite a seguinte expressão:

[CAMPO] & vbCrLf& [CAMPO]

Substitua [CAMPO] pelas colunas XY que serão exibidas. No botão Help dessa janela há outros exemplos. Clique em Verify para visualizar o resultado:

Expressão para Visualização de dois atributos com VbScript

As duas coordenadas serão exibidas no mapa:

Visualização de dois atributos com VbScript

[952×620 pixels]

Faça uma cópia da sua expressão e guarde-a num local seguro.

Conversão de Label para Annotation

Geodatabase: Criação de um File Geodatabase

1 – Abra o ArcCatalog e acesse seu local de trabalho. Clique com o botão direito no interior da pasta e acesse a opção New – File Geodatabase.

Criação de um Novo Arquivo Geodatabase

[968×601 pixels]

Geodatabase: Criação de um Feature Dataset

2 – Digite um nome para o arquivo File Geodatabase. Em seguida, clique com o botão direito sobre o arquivo geodatabase criado e acesse a opção New -Feature Dataset.

Criação de um Feature Dataset dentro do Arquivo GeoDatabase

Nas telas seguintes, é necessário atribuir um nome para o Feature Dataset e a Projeção/Datum Horizontal. Use a projeção dos arquivos shapefile que serão importados para o Geodatabase. Ignore a definição de Datum Vertical clicando em Next e deixa as opções seguintes como default. Clique no botão Finish.

Geodatabase: Importação de uma Classe de Feição

3 – Clique com o botão direito sobre o Feature Dataset criado e selecione a opção Import – Feature Class (Single). Em nosso exemplo, temos três camadas para serem importadas: um ponto, uma linha representando a grade de coordenadas e outra contendo as curvas de nível. Aponte para a primeira camada e localize o arquivo Geodatabase criado anteriormente. O Feature Dataset está dentro dele.

Transformação de shapefile para Feature Class

Finalmente, digite um nome para a nova classe de feição. O arquivo será criado:

A Classe de Feição de Pontos foi importada para o GeoDatabase

Repita o procedimento para todos os arquivos shapefile do seu projeto. Todos os arquivos serão transformados para Classe de Feição (Feature Class), nome pelo qual as geometrias de ponto, linha ou polígono são conhecidas quando fazem parte do arquivo Geodatabase.

Geodatabase: Escala de Trabalho

4 – Remova todos os objetos da visualização do ArcMap. Com o ArcCatalog aberto, clique sobre o Feature Dataset e arraste-o para o SIG. As feições importadas para o Feature Dataset vão sendo adicionadas ao projeto, por isso esse passo é importante para que possamos saber quais feições de fato fazem parte do nosso projeto.

Restaure os labels com expressão se for o seu caso. Chegou a hora de definir sua escala de trabalho. Estou trabalhando numa escala grande, 1:10.000. Esse passo é importante para renderização do Annotation.

Identifique a camada cujos labels serão transformados em Annotations. Estou convertendo coordenadas, mas você pode selecionar qualquer rótulo, como por exemplo, nome dos rios. Clique sobre a classe de feição que está exibindo os rótulos e selecione a opção Convert Labels to Annotation:

Convert Labels to Annotation

[968×601 pixels]

A escala de trabalho definida anteriormente será visualizada aqui (1). Desabilite a opção Feature linked (2). No campo Annotation Feature Class, aponte para o Feature Dataset do seu projeto (3) e clique no botão Convert (4):

Conversão de Label para Annotation

O arquivo convertido será armazenado no Feature Dataset:

Labels convertidos para o Feature Dataset

[968×601 pixels]

Geodatabase: Exportação para CAD

Clique com o botão direito sobre o arquivo Geodatabase e selecione a opção Export to CAD:

Geodatabase: Exportação para CAD

Adicione todas as feições e selecione a versão do CAD compatível com instalações anteriores.

Exportação para CAD

Resultado Final: AutoCAD

Rótulos convertidos para Annotation do CAD

[1336×866 pixels]

Fim do tutorial. Use essa dica para converter o label dos rios, nome de rodovias e outros elementos para Annotation.


13 Comentários

  1. Olá Jorge, eu consigo exportar para dwg com uma simbologia de minha escolha? No arcgis posso configurar minha simbologia e salvá-la no formato lyr. Daria para fazer isso também, para manter a mesma simbologia, quando exporto para dwg?

    Abraço,

    • Hum, não tenho conhecimento sobre como funciona a simbologia no Autocad, por isso não sei como se dá essa exportação do SIG para o CAD.

      Posso verificar se existe alguma coisa em inglês sobre essa problemática.

      Abraço, Jorge Santos

DEIXE UMA RESPOSTA