OSM2GIS: Conversão de Dados OpenStreetMap para Shapefile ou KML

16

OSM2GIS é um aplicativo Web para conversão de dados OpenStreetMap para shapefile ou KML.

Acesse o site do projeto:  http://www.openstreetmap.re/osm2gis/

Tutorial

1 – O processo consiste em navegar pelo mapa até encontrar sua região de interesse. Meu local selecionado é uma fração de uma localidade no estado do Rio de Janeiro:

Navegue para sua área de interesse

2 – Clique no botão Give Me My Data! 

botão Give My Data!

3 – Digite seu e-mail e marque a opção KML. O Sistema de Coordenadas padrão deve ser GCS_WGS1984, portanto, marque o código EPSG 4326 e clique no botão SEND:

Data export

4 – Verifique seu e-mail. Um link para download estará esperando na sua Caixa de Entrada. Clique nesse link para baixar os arquivos.

verifique sua inbox

5 – Pronto, agora você tem o arruamento, locais de interesse e outras feições da área. Você vai precisar de um SIG para visualizar as ruas e locais. Vou executar o Quantum GIS:

Geometrias de ponto, linha e polígono no Quantum GIS

[Tela Cheia – 1366×728]

6 – Podem ser adicionadas no QGIS imagens do Google Earth e a própria base OpenStreetMap . O procedimento para visualizar imagens do Google Earth, Bing Maps e outros serviços no Quantum GIS está descrito neste post.

Base Google Satellite

[Tela Cheia – 1366×728]

7 – Não esqueça do arquivo KML: você pode abrir o arruamento selecionado no próprio Google Earth:

KML no Google Earth

[Tela Cheia – 976×678]

Bom trabalho!


Dúvidas e sugestões podem ser enviadas para o e-mail contato@processamentodigital.com.br

16 Comentários

  1. Bom dia, em primeiro lugar parabenizo pela ótima dica. Surgiu uma dúvida: tem como importar também a simbologia (cores, fontes e tamanhos) do OpenStreetMap no ArcGIS? Abraços

  2. Jorge, sabe me dizer ser há como exportar ou extrair o “rótulo” nome de ruas do shape vetorial gerado para ruas no OSM para poder transformar em texto ao exportar para o CAD em dxf?
    Ou, há algum modo de exportar os nomes das ruas para CAD?

DEIXE UMA RESPOSTA