QGIS 2.4: Sistemas de Referência com aplicação no Layout de Mapas

3

Este é mais um tema relacionado aos Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC), um assunto de extrema importância para os usuários iniciantes em Geotecnologias. Saber trocar uma projeção e aprender a diferença entre o Sistema Geográfico e o Sistema Plano são atividades que não podem ser ignoradas pelo analista ou utilizador da ferramenta SIG, seja ele iniciante ou profissional. O assunto é amplo e não se esgota com facilidade, podendo ser registrado através de uma série de postagens aqui no site.

No último post, eu levantei alguns pontos acerca de problemas que meus amigos enfrentam na escolha do sistema correto para um projeto de SIG. Como eu disse na ocasião, este não é o tipo de situação onde você simplesmente adiciona dados no programa, monta o mapa e entrega o projeto. Há etapas para consultar projeção, fixar projeção, trocar projeção, exportar uma parte da seleção para um novo sistema de referência, etc. Hoje vou colocar à disposição dos leitores um longo vídeo com explicações práticas sobre Sistemas de Referência de Coordenadas no QGIS 2.4.

Acredito que podemos trabalhar firme para que as pessoas tenham condições de realizar um trabalho profissional com habilidade e confiança.


Tutorial em Vídeo no Youtube

Link para assistir o vídeo no Youtube: http://youtu.be/N1US6kvP5Jg


Download do Tutorial no formato MP4

O Mega é rápido, mas pode apresentar instabilidades. Se você não conseguir baixar o vídeo num primeiro momento, repita a tentativa em outro horário que vai dar certo.

Mega

  • QGIS 2.4: Sistemas de Referência com aplicação no Layout de Mapas (131 MB) | http://goo.gl/9WdD7T

Reprodução de Vídeos AVI/MP4

Se precisar de codecs para assistir vídeos no formato MP4, use o K-lite Mega Codec.


Dúvidas e sugestões podem ser enviadas para o e-mail contato@processamentodigital.com.br

3 Comentários

  1. Valeu Jorge, Está sendo muito esclarecedor essas matérias sobre os Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC). Está me ajudando bastante a entender esse tema, que é de fundamental importância para quem trabalha com SIG’s. Continue assim parceiro. Parabéns.

Deixe uma resposta para César Cancelar Resposta