MMA/UFV promovem Curso Online sobre Cadastro Ambiental Rural (CAR). Inscreva-se já!

1

car-3Já estão abertas as inscrições para a Capacitação para o Sistema de Cadastro Ambiental Rural (CAR), um instrumento de registro público, eletrônico, de abrangência nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais. O curso Cap-CAR é uma parceria da UFV, por meio da Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância (Cead) com o Ministério do Meio Ambiente – por intermédio da Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável e o Serviço Florestal Brasileiro. Ele foi desenvolvido a partir de um convênio com a Universidade Federal de Lavras (Ufla).

Estão sendo oferecidas cinco mil vagas, na opção de estudo livre, gratuitamente para facilitadores que atuarão na inscrição de imóveis rurais no CAR, preferencialmente, dos agricultores familiares. O curso, que faz parte do projeto de Gestão Territorial Rural, será realizado totalmente a distância, na versão sem tutoria, com carga horária de 80 horas/aula e duração de quatro semanas, no período de 1º a 29 de setembro.

Os interessados poderão se inscrever até 31 de agosto, no portal do projeto, onde podem ser obtidas mais informações. Outros detalhes pelo telefone (31) 3899-3987, das 14h às 18h, ou pelo e-mailcead@ufv.br

Gestão Territorial Rural

Além do Cap-CAR, o projeto de Capacitação em Gestão Territorial Rural envolve ainda um curso sobre Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas (ISA), sistema de aferição do desempenho ambiental e socioeconômico de estabelecimentos rurais, com foco na prevenção ou mitigação de riscos, e identificação de oportunidades.

Também haverá um curso sobre Zoneamento Ambiental e Produtivo (ZAP), ferramenta que tem como objetivos delimitar e caracterizar as unidades da paisagem inseridas em uma sub-bacia hidrográfica, permitindo identificar as áreas sensíveis e aquelas mais adequadas para a exploração agropecuária e florestal.

Para desenvolver o conteúdo dos cursos, a parceria MMA e UFV contou com participação de pesquisadores e técnicos de instituições de ensino e pesquisa do país, como Ufla, UFMG, Unifemm, Embrapa, Epamig e Emater – alguns dos quais participaram diretamente na criação desses instrumentos.


Fonte: CEAD (Coordenadoria de Educação à Distância)

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA