Geomarcação de Fotos: Passo a passo para criação, edição e publicação no Google Earth

0

Geotagging ou Geomarcação de Fotos pode ser compreendido como o recurso necessário para exibição de fotos a partir de uma localização geográfica. Basicamente, os programas acrescentar metadados no header dos arquivos de imagem. Neste tutorial, vamos utilizar o aplicativo gratuito GeoSetter para gravar uma localização espacial para fotos, de modo que, ao clicar sobre um determinado ponto, uma imagem seja exibida.

Tutorial

Organizando o Espaço de Trabalho

Prepare os dados que serão processados pelo programa GeoSetter. No meu computador, eu tenho a as imagens, a lista de coordenadas e o executável do aplicativo. Todos os dados estão organizados por pastas e caminhos curtos. Essa organização pode facilitar a atividade de localização das imagens.

Download dos dados: clique neste link e faça o download do programa GeoSetter que inclui a estrutura de arquivos abaixo.

GeoSetter_Geotagging_01

Instalação do GeoSetter

Prossiga com a instalação da ferramenta GeoSetter. O programa é gratuito e simples de ser instalado. Pressione “Next”, siga avançando… E o processo termina.

GeoSetter_Geotagging_02

Execução do GeoSetter

Ao executar o programa, você será notificado sobre atualizações e associações de arquivos. Apenas feche todas as janelas e ignore as atualizações.

Pressione o menu Imagens – Abrir Pasta para carregar sua coleção.

GeoSetter_Geotagging_03

O programa deve exibir uma listagem interminável de pastas e arquivos. Procure a localização das suas imagens (aqui coloquei no C:\tmp\geomarcacao\imagem).

GeoSetter_Geotagging_04

No topo, à esquerda, estão suas imagens. Logo abaixo o GeoSetter disponibiliza um preview da imagem. No destaque abaixo, temos uma visão panorâmica da “nave” de Marília em São Paulo:

GeoSetter_Geotagging_05

No próximo passo, vamos associar as coordenadas geográficas para cada foto.

GeoSetter: Associando as Coordenadas

No meu caso, as coordenadas estão listadas em planilha eletrônica. Logo, tudo o que eu preciso fazer é colar as minhas coordenadas geográficas em graus, minutos e segundos. Essa planilha foi disponibilizada para download e você pode ter acesso no link acima.

GeoSetter_Geotagging_06

Prepare sua planilha e clique duas vezes sobre qualquer imagem para associar as coordenadas geográficas. Para o padrão de coordenadas GMS,  as informações devem ser cadastradas no campo Sexagesimal. A primeira imagem da lista é um ponto turístico do município de Assis-SP. Clique duas vezes sobre a imagem e cole suas coordenadas lat/long.

GeoSetter_Geotagging_07

Talvez você queira reservar o campo “Lugar” para cadastrar o nome do ponto turístico. Não se preocupe com a formatação das coordenadas. O programa faz o ajuste automaticamente. Este programinha é muito interessante. Clique na ferramenta indicada na imagem abaixo para estabelecer um salto para a localidade desejada:

GeoSetter_Geotagging_08

Faça o preenchimento de todas as cidades. O processo é manual, pois ainda não encontrei o recurso para importação de coordenadas em lote.

GeoSetter: Salvar Alterações

Selecione todas as imagens e clique no botão Gravar todas as Alterações. As imagens não podem estar abertas em outros programas.

GeoSetter_Geotagging_09

GeoSetter: Exportar para o Google Earth

Clique no ícone Exportar Imagens para o Google Earth:

GeoSetter_Geotagging_10

Na janela seguinte, use 500 e 100 para ampliar a largura da imagem e preservá-la em alta qualidade. Você deve preservar a configuração por Nome e Imagem da Miniatura. Feito isso, basta marcar os mesmos metadados selecionados durante o processo de criação e, por último, troque o idioma para português.

GeoSetter_Geotagging_11

Ao pressionar o botão OK, salve o arquivo KMZ em qualquer local do computador (não me pergunte o motivo dessa janela se chamar “Exportar para o Google Maps”).

GeoSetter_Geotagging_13

Confirme a opção indicada na imagem abaixo e aguarde o lançamento do Google Earth:

GeoSetter_Geotagging_12

Muito bem! Suas fotos foram geomarcadas em cada localidade e estão prontas para uso!

GeoSetter_Geotagging_14

As configurações para exibição de imagens com 500 pixels de largura resultam nas imagens com boa resolução. As miniaturas são atrativos que despertam o interesse dos seus visitantes.

GeoSetter_Geotagging_15

Processo concluído. E agora? O que vem depois?

O serviço que o  programa GeoSetter entrega é simplesmente fantástico! O próximo passo consiste em levar essa configuração para o Sistema SIG. Pelo menos no QGIS, é possível ler o KMZ, trocar para Shapefile e incluir as fotos no mapa com apoio do Inkscape para gerar marcadores SVG sobre o mapa.

recursos_para_fotos_qgis1

No QGIS, o mecanismo funciona através do efeito “onmouseover”, ou seja, quando o analista pousa o cursor sobre a miniatura, um quadro maior com a imagem em ótima resolução será exibido. Já no ArcGIS, tudo é mais fácil: já existe há muito uma ferramenta que realiza essa tarefa de importação de fotografias geomarcadas. Continuem acompanhando minhas postagens porque esse assunto não esgota tão fácil!


Não se esqueça: inscreva-se no nosso canal no Youtube:
https://www.youtube.com/c/ProcessamentoDigitalGeo

Fique por dentro das novidades do site através da nossa Newsletter:
http://www.processamentodigital.com.br/assinatura

Curta nossa página no Facebook:
http://www.facebook.com/ProcessamentoDigital

Siga nossa página no LinkedIn. Vamos divulgar muitas novidades nessa rede:
http://www.linkedin.com/company/processamento-digital


Dúvidas e sugestões podem ser enviadas para o e-mail contato@processamentodigital.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA