Conheça o portal da Funai que permite monitorar terras indígenas de forma remota

0

A Fundação Nacional do Índio (Funai) lançou o portal Centro de Monitoramento Remoto (CMR), um serviço que permite monitorar casos de desmatamento e degradação ambiental em terras indígenas pela internet. A ferramenta usa imagens geradas pelo satélite Landsat-8 para atualizar diariamente informações sobre as terras indígenas localizadas na Amazônia Legal, que representam 97.9% do total dessas terras no país.

No Portal CMR as imagens do Landsat-8 são complementadas pelos dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que além de serem referência do Governo Federal para detecção de desmatamento e degradação ambiental, continuam sendo relevantes para a Funai. Todos os dados são públicos, de fontes oficiais.

Além da visualização espacial das áreas, a ferramenta traz informações como jurisdição, nomenclatura oficial, município e Unidades da Federação. O Mapa também pode ser usado de forma estratégica em ações indigenistas, ao tornar fácil, por exemplo, sobrepor imagens do satélite Landsat-8 com dados sobre focos de calor nas terras indigenas gerados por meio do satélite Aqua e disponibilizados pelo Inpe.

A ferramenta é aberta para consultas da sociedade. Na página inicial do portal, um mapa interativo do Brasil permite aos usuários localizar as terras indígenas, as áreas quilombolas, as unidades de conservação federais, incluindo reservas extrativistas, florestas e parques nacionais, além de assentamentos rurais. Permite também conhecer o bioma de cada região do país.

MANUAL INTERATIVO DO CMR

O Manual do Usuário tem como objetivo fornecer orientações e esclarecimentos de como utilizar a área do Mapa Interativo e Camadas de sobreposição do Sistema CMR. O Manual foi elaborado pela Hex Tecnologias Geoespaciais.

Link para download do Manual do Usuário: Clique aqui

Fonte: Portal EBC


Não se esqueça: inscreva-se no nosso canal no Youtube:
https://www.youtube.com/c/ProcessamentoDigitalGeo

Fique por dentro das novidades do site através da nossa Newsletter:
http://www.processamentodigital.com.br/assinatura

Curta nossa página no Facebook:
http://www.facebook.com/ProcessamentoDigital

Siga nossa página no LinkedIn. Vamos divulgar muitas novidades nessa rede:
http://www.linkedin.com/company/processamento-digital

DEIXE UMA RESPOSTA